19 de janeiro de 2019 PAPA FRANCISCO E OS JOVENS

PAPA FRANCISCO E OS JOVENS

Aproxima-se a Jornada Mundial da Juventude, no Panamá, o maior evento católico no início de 2019, de 22 a 27 de janeiro. A temática é mariana, a jovem disponível e generosa diante de Deus. Maria, ainda adolescente, diz seu sim total. Sua atitude servirá de modelo para moças e rapazes em qualquer tempo e época da vida: “Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo vossa Palavra” (Lc 1,38).

Recordemos o Sínodo dos Bispos sobre a Juventude em 2018. Traz muita luz para a Jornada Mundial, em parte devido à temática e às conclusões, em parte devido à proximidade do tempo.

Em 6 de outubro de 2018, o Papa Francisco participou do encontro festivo com os padres sinodais e os jovens. Dirigiu-lhes as palavras no seguinte tom de conversa:

“Sede jovens a caminho, que fitam horizontes, não o espelho. Olhai sempre em frente, a caminho, e não sentados no sofá. (…) Encontro a mim mesmo no agir, quando vou em busca do bem, da verdade, da beleza. É ali que me hei de encontrar a mim mesmo”;

 “ Percorro um caminho, mas com coerência de vida. (…).   Deveis ser coerentes, ao longo do vosso caminho, interrogando-vos: Sou coerente na minha vida? ” ;

  “O poder deve servir para fazer crescer as pessoas, para ser servidores do povo. Este é o princípio: tanto para a política, como para a coerência das vossas interrogações”;

  “Por favor, vós jovens, rapazes e moças, vós não tendes preço! Não sois mercadoria em leilão! Por favor, não vos deixeis comprar, não vos deixeis seduzir, não vos deixeis escravizar pelas colonizações ideológicas que incutem ideias na vossa cabeça, tornando-nos por fim escravos, dependentes, fracassados na vida. Vós não tendes preço! Deveis repetir sempre isto: eu não estou em leilão, eu não tenho preço, sou livre! Apaixonai-vos por esta liberdade, a qual nos é oferecida por Jesus”;

  “Se os mass media, se o uso da web te afastar da concretude, se te tornar “líquido”, corta-o! Porque se não houver concretude, não haverá futuro para vós. Isto é certo, trata-se de uma regra da estrada e do caminho”;

 “Hoje está na moda os populismos, que nada têm a ver com aquilo que é popular. Popular é a cultura do povo, a cultura de cada um dos vossos povos, que se exprime na arte, na cultura, na ciência do povo, na festa! Cada povo faz festa à sua maneira. Isto é popular. Mas o populismo é o contrário: é o fechamento do mesmo segundo um modelo”;

 “Falai com os idosos, conversai com os avós: eles são as raízes, as raízes da vossa concretude, as raízes do vosso crescer, florescer e frutificar. (…) Isto vos fará felizes! ”

O Papa respondia a perguntas que os jovens lhe faziam. O próprio método dialogante de Papa Francisco acena para a Pastoral das Juventudes a incluir todas as expressões juvenis, pela conversa e diálogo com os jovens e com seu mundo vital, suas dificuldades e expectativas, experiências e indagações.

Com Maria, entremos em comunhão com o Papa nos dias da Jornada Mundial da Juventude, no Panamá, pela oração e o acompanhamento das atividades! Rezemos pela Jornada! Rezemos pelo Papa! Rezemos pelos jovens ligados à Igreja e os afastados! Simplesmente, oremos por eles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *