Pastoral de DST/Aids – CNBB

Spread the love

A Pastoral de DST/Aids – CNBB realizou nos  dias 18 a 20 de outubro de 2019, o XVII Seminário Nacional de Prevenção ao HIV e a Assembleia Nacional da Pastoral da Aids com o tema: “HIV e Aids: desafios que persistem – Contribuição da Pastoral da Aids no enfrentamento da epidemia no Brasil”.

O evento teve como objetivo qualificar a formação dos agentes da Pastoral da Aids, especialmente coordenadores diocesanos ou regionais que estão atuando em seus municípios no campo da informação para a prevenção ao HIV/Aids, na orientação das pessoas com HIV para a realização do tratamento e na participação dos espaços de controle social das políticas públicas.

O Seminário analisou, com auxilio de profissionais qualificados, a realidade atual da epidemia do HIV, suas tendências, desafios e estabeleceu  metas e propostas de ações que servirão para seu enfrentamento, sobretudo no campo do “tratamento como prevenção”. Também qualificou as discussões no que diz respeito ao combate ao estigma e à discriminação. Além disso, o evento elaborou o Plano de Ação para o próximo triênio da Pastoral da Aids (2020-2022) e elegeu a equipe que coordenará a Instituição no próximo período.O Seminário contou com a presença de 75 agentes de pastoral de todos os regionais do Brasil.

A Pastoral da AIDS da Diocese de Iguatu esteve presente no Seminário juntamente com os demais coordenadores das Dioceses de Crato, Tianguá, Sobral, Quixadá e Arquidiocese de Fortaleza (Regional Nordeste I) .

Na Assembléia a Santa Dulce dos Pobres foi eleita por unanimidade a  Padroeira da Pastoral da Aids no Brasil.

Texto e Fotos: Ivonete Clares

Deixe uma resposta