3 de janeiro de 2018 Doente mental, em surto, danifica gravemente quatro capelas da Paróquia de Quixelô

Doente mental, em surto, danifica gravemente quatro capelas da Paróquia de Quixelô

As capelas situadas em Angicos, Carnaubinha do Faé e Paus de Leite do Faé,  em Quixelô, foram vítimas de um ataque brutal cujo vandalismo envolveu um fato ainda mais grave que foi a profanação do Santíssimo ocorrida na capela do distrito de Santo Antônio, em Acopiara, mas que pertence a jurisdição da Paróquia de Quixelô.

Ontem, 02 de janeiro de 2018, aproximadamente às 23h30min um individuo de 36 anos, solteiro e portador do distúrbio mental de esquizofrenia, de iniciais J.F.L, residente em Viração, Acopiara, Ceará, atacou 4 capelas pertencentes à paróquia de Quixelô. Após o ataque à capela do distrito de Santo Antônio, J.F.L.  dirigiu-se à capela da comunidade de Angicos onde apenas conseguiu danificar a parte externa.

Alguns quilômetros depois J.F.L atacou a capela da Carnaubinha do Faé onde a destruição foi quase que total. A imagem de Nossa Senhora das Graças, doação de Dom Doth, bispo emérito de Iguatu, falecido em novembro de 2017, foi parcialmente danificada. Junto com ela o altar em mármore e muitas imagens de grande valor sentimental.

Por fim, J.F.L. depredou a capela dos Paus de Leite do Faé. Bancos, imagens, altar de vidro onde ficava uma imagem e o altar principal também em vidro, fogão, quadros e ventiladores foram praticamente destruídos. Em nítido surto esquizofrênico, F.J.L. ameaçou pessoas, inclusive sua mãe.

Preso logo pela manhã, F.J.L. foi encaminhado para tratamento psiquiátrico em local não informado. A Diocese de Iguatu registrou Boletim de Ocorrência relatando o fato. As capelas foram lacradas e o interior preservado para a perícia que será realizada pela Polícia Civil. Todas as providências legais estão sendo tomadas. A Diocese solicitou aos animadores das comunidades atingidas que listassem as perdas totais e as parciais (que podem ser restauradas) para que se possa avaliar o tamanho do prejuízo.

A Diocese de Iguatu lamenta profundamente o dano provocado a essas quatro capelas da Paróquia de Quixelô e está prestando todo apoio e solidariedade ao padre João Teixeira (padre Joãozinho).

Dom Edson, bispo de Iguatu pede a toda nossa grande comunidade cristã que “evitem, neste momento, a contenda e o espírito de discussão.” Para Dom Edson precisamos ter grande solidariedade, compaixão e oração. “Precisamos mostrar que somos cristãos de verdade, ainda que com o coração sangrando de dor.” Finalizou o bispo de Iguatu.

Fotos e Reportagem: Luís Sucupira – Diocese de Iguatu

Um comentário em “Doente mental, em surto, danifica gravemente quatro capelas da Paróquia de Quixelô

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *